sábado, 29 de janeiro de 2011

1ª caminhada pela aprovação da PEC 300



Nesse sábado (29/01), a partir das 07h00 da manhã, os policiais civis, policiais militares, bombeiros militares, familiares e amigos farão a 1ª Caminhada Nacional de 2011 pela aprovação da PEC 300 em segundo turno, em Fortaleza – CE.


Essa manifestação gloriosa que visa conquistar a sociedade brasileira e cearense em prol da aprovação em segundo turno do piso salarial nacional está sendo organizada pelo Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Ceará - SINPOCI CE, e a Associação dos Cabos e Soldados Militares do Ceará – ACSMCE


A concentração será no Aterro da Praia de Iracema seguindo em marcha até o Mercado do Peixe.


Desse encontro nacional serão traçados os novos rumos que o movimento tomará até que o Congresso Nacional aprove o piso salarial nacional dos bombeiros e policiais.
Fonte:Capitão Assumção

Atenção condutores!!! comandante do 3ºDPRE avisa: policiamento de transito intensificará cobrança do cinto de segurança



O Comandante do 3ºDPRE major Ezaú Macêdo(foto), falou a imprensa caicoense que nos próximos os policiais de trânsito de Caicó irão intensificar a fiscalização no tocante a cobrança do uso do cinto de segurança para todos os condutores e passageiros de veículos automotivos.

Segundo o comandante o número de vítimas de acidentes no Brasil só cresce, e o uso do cinto já está mais do que provado, evita e muito o indice de mortes nesses casos. Além do mais Caicó já possui uma frota muito grande de veículos circulando, o que torna a probabilidade de acidentes maior.

O blog informa que o que diz a legislação de trânsito(CTB) em seus artigos 65 e 167, confiram:
Art. 65. É obrigatório o uso do cinto de segurança para condutor e passageiros em todas as vias do território nacional, salvo em situações regulamentadas pelo CONTRAN.

Art. 167. Deixar o condutor ou passageiro de usar o cinto de segurança, conforme previsto no art. 65:

Infração - grave;

Penalidade - multa;

Medida administrativa - retenção do veículo até colocação do cinto pelo infrator.


Por isso eu digo, "precaução e caldo de galinha não faz mal a ninguém".

EM FORMATURA GERAL, COMANDANTE FALA SOBRE CONCURSOS INTERNOS E CFO


Na manhã desta sexta-feira (28/01) foi realizada a primeira Formatura Mensal deste ano, no Quartel do Comando Geral, que tem por objetivo transmitir informações de interesses geral ao efetivo policial.

O Coronel Araújo falou sobre as realizações previstas para o início deste ano, incluindo novos treinamentos para o efetivo, do seu empenho em busca por melhores condições de trabalho e salariais, e sobre os concursos para cabos, sargentos e oficiais.

Treinamentos e equipamentos

Dentro da proposta de novos treinamentos para o efetivo, o Comandante detalhou sobre o curso de policiamento especializado, previsto para o início de fevereiro, contendo técnicas de abordagens, conduta de comportamento, etc. As aulas serão ministradas no BOPE, pela manhã e tarde, com duração de duas semanas.

O Comandante ressaltou, ainda, sobre seu empenho para a obtenção de novos coletes balísticos, demais equipamentos para a atividade policial e melhoria salarial.

Concursos

Sobre os concursos, detalhou que há a previsão de 1000 vagas para cabos e mais 1000 vagas para sargentos, onde a concorrência será exclusivamente interna. E que ainda este ano há a previsão de concurso para CFO, com vagas para homens e para mulheres.

Na solenidade também foram proferidas palavras do 2º Tenente Capelão PM João Batista Chaves da Rocha e lidos elogios aos policiais que se destacaram na atividade policial no mês de janeiro.

FONTE: PMRN

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

ALUNO SOLDADO AOS 51 ANOS DE IDADE


Quando Gabriel Batista da Cruz deixou há 18 anos o Rio de Janeiro, sua terra natal, com esposa e dois filhos, para vir morar em Maceió, não imaginava que estaria dando o passo certo para a realização de um grande sonho da sua vida: Ser um policial militar.

Com 51 anos de idade e contador de profissão, Cruz guardava a frustração da juventude até que um dia sua esposa, “fiel escudeira”, como ele a define, veio trazer a notícia: Estava aberto o concurso para a PM alagoana.

Ciente que o edital não previa limite de idade animou-se, inscreveu-se, prestou o concurso, foi aprovado e hoje freqüenta o Curso de Formação de Praças.

Além das matérias teóricas, o treinamento físico é forte, as exigências disciplinares também, mas Cruz tem, como se diz na gíria do futebol, “sobrado”, que é quando um atleta joga mais do que a situação exige.

Na sala de aula seus colegas, na maioria com idade para serem seus filhos, embora reverencie sua experiência, não perdem a oportunidade para fazer brincadeiras. “Ele esteve na Segunda Guerra Mundial”, diz um. “Foi namorado da Dercy Gonçalves”, brinca o outro. Mas todos são unânimes em dizer que ele é um exemplo.

Do ponto de vista institucional, a corporação terá pouco tempo para utilizar seus serviços, já que o soldado não pode permanecer no serviço ativo com idade superior a 56 anos. “Fiquei muito triste quando soube disso, pois entendo que tenho condições de servir a Polícia Militar por pelo menos mais uns 15 anos”, lamentou o aluno. “Nós mantivemos contato com a Procuradoria Geral do Estado para que nos próximos concursos haja uma melhor avaliação para que não permita situações iguais a essa”, disse o Coronel PM Mário da Hora, diretor de ensino, referindo-se a falta de limite de idade para ingresso.
Fazendo história, já que deve ser caso inédito na história recente das PMs do Brasil, Cruz vai vivendo seu sonho dourado e aguardando o dia 21 de abril, data em que acontecerá a formatura do seu curso.

FONTE: Blog do Sargento Lago, via Toxina, Via Glaucia

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Ministro da Justiça quer atuar pela aprovação de projetos em tramitação



A reforma do Código de Processo Penal (CPP), recém-chegada à Câmara, é um dos temas de interesse do ministro José Eduardo Cardozo. Proposta limita número de recursos, muda valor de fianças e restringe a aplicação de prisão preventiva.
Arquivo - Janine Moraes
Cardozo, novo ministro da Justiça: preocupação em articular ações na área de segurança.
O novo ministro da Justiça, o ex-deputado José Eduardo Cardozo, elegeu o combate ao crime e à violência como prioridade de sua gestão. No discurso de posse, Cardozo se comprometeu a atuar pela aprovação, no Congresso, de propostas de interesse de sua pasta, como a reforma processual penal, além de projetos relacionados ao combate à corrupção, que são mais de 60 em análise na Câmara.
Na concepção do ministro, a medida mais urgente para debelar o crime organizado consiste em integrar as ações da União, dos estados e dos municípios. "Uma intervenção séria de combate ao crime organizado apenas será exitosa se articularmos ações preventivas e repressivas", sustenta.
Dentre as propostas relacionadas à segurança pública em tramitação na Casa, há mais de 20 destinadas a aumentar penas para traficantes de drogas. Outro tema de preocupação dos parlamentares é a lavagem de dinheiro: há hoje 12 propostas prontas para serem votadas em plenário.
Reforma penal

Uma dos temas prioritários para o ministro, a reforma do Código de Processo Penal (CPP) foi aprovada em dezembro pelo Senado e será analisada pela Câmara neste ano. Entre outros pontos, a proposta limita o número de recursos que podem ser apresentados ao longo do processo a um por instância e cria uma série de medidas cautelares para substituir a prisão especial, que poderia ser aplicada apenas para proteger a integridade do acusado.
Antes mesmo de começar a ser analisado pelos deputados, no entanto, o projeto já é alvo de críticas. O deputado João Campos (PSDB-GO) diz estranhar a iniciativa do Senado de promover essa mudança, uma vez que as duas Casas legislativas trabalham desde 2001 em uma "reforma processual fatiada em sete projetos". O parlamentar coordenou o grupo que conduziu os trabalhos na Câmara.
Ele lembra que quatro projetos já foram transformados em lei (PLs 4203/014205/01,4206/01 e 4207/01). Falta aprovar apenas os PLs 4204/01, 4209/01 e 4208/01. O primeiro, que modifica regras do interrogatório, está pronto para ser votado pelo Plenário. O texto determina, por exemplo, que o acusado só será interrogado pelo juiz na presença de defensor.
Já o PL 4209/01, que foi aprovado na Cãmara, simplifica as regras da investigação policial. A proposta prevê registro de ocorrência por meio de Termo Circunstanciado no caso de infração de menor potencial ofensivo. Nos demais casos será instaurado inquérito, mas os atos da investigação serão simplificados, com coleta informal de depoimentos, realizada em qualquer local. O projeto foi enviado ao Senado em dezembro de 2009.

Diógenis Santos
João Campos defende aprovação de projetos discutidos desde 2001 na Câmara.

Propostas semelhantes

O PL 4208/01, por sua vez, traz uma série de alterações no Código Penal que também estão previstas na reforma do CPP recém-aprovada no Senado. A proposta de 2001 também determina que a prisão preventiva só poderá ser aplicada em casos restritos - quando houver necessidade de preservação da vida e da integridade física e psíquica do preso. Como alternativa, o juiz poderá adotar medidas cautelares como prisão domiciliar e proibição do acusado se ausentar da comarca em que mora.
Outra medida prevista nas duas propostas é alteração do valor das fianças. Pelo texto de 2001, o pagamento de 1 a 100 salários mínimos - hoje previsto para todos os casos - será aplicado apenas quando a pena for inferior a quatro anos. Se for superior, o valor sobe para 10 a 200 salários mínimos.
Já o novo CPP que começará a ser analisado neste ano pela Câmara propõe fiança entre 1 e 100 salários mínimos para pena inferior a oito anos, e entre 1 e 200 salários nos demais casos.
O PL 4208 foi aprovado originalmente pela Câmara em 2008 e está em análise novamente pelos deputados devido às modificações feitas no Senado. O texto já está pronto para entrar na pauta do plenário. Já a reforma do CPP, que acaba de chegar à Casa, será analisada por uma comissão especial a ser criada e, depois, pelo Plenário. Se o projeto for alterado na Câmara, ele voltará ao Senado, que dará a palavra final.

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

PROPOSTA OBRIGA PRESO A PAGAR DESPESAS DE PENITENCIÁRIA


A Câmara analisa o Projeto de Lei 7167/10, do deputado Hugo Leal (PSC-RJ), que determina o pagamento pelo condenado das despesas correspondentes ao período de restrição de liberdade, caso disponha de recursos. A proposta altera a Lei de Execução Penal (Lei 7.210/84).

Essa lei já estabelece a indenização ao Estado pelo preso mediante desconto proporcional sobre a remuneração do trabalho na prisão. A proposta é de que o custeio das despesas seja feito independentemente de atividade laboral, bastando que o presidiário tenha os recursos para esse pagamento.
Hugo Leal argumenta que nem sempre haverá trabalho remunerado no presídio e, mesmo quando houver, a remuneração poderá ser insuficiente para cobrir as despesas com a manutenção do detento. "Por isso, nada mais justo que aqueles que disponham de recursos suficientes efetuem o ressarcimento ao Estado e ao povo", afirma o deputado.
Tramitação
O projeto será arquivado pela Mesa DiretoraA Mesa Diretora é a responsável pela direção dos trabalhos legislativos e dos serviços administrativos da Câmara. Ela é composta pelo presidente da Casa, por dois vice-presidentes e por quatro secretários, além dos suplentes de secretários. Cada secretário tem atribuições específicas, como administrar o pessoal da Câmara (1º secretário), providenciar passaportes diplomáticos para os deputados (2º), controlar o fornecimento de passagens aéreas (3º) e administrar os imóveis funcionais (4º). no dia 31 de janeiro, por causa do fim dalegislaturaEspaço de tempo durante o qual os legisladores exercem seu poder. No Brasil, a duração da legislatura é de quatro anos. , mas poderá ser desarquivado pelo seu autor, que foi reeleito. Nesse caso, a proposta será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania e pelo Plenário.

O que esta acontecendo com a bolsa formação?

Durante a época de campanha a presidente, na época candidata, inseriu na sua plataforma de proposta a ampliação da bolsa formação, mas após ser eleita e já no primeiro mês de comando os policiais já tiveram uma surpresa, os requerimentos para novas Bolsas estão todos suspensos para sei lá o quê, parece que todos foram mais uma vez enganados, vamos esperar para ver o que vai dá, o que será essa reformulação!!!!




Os requerimentos de novas Bolsas Formação estão temporariamente suspensos. O projeto está sendo reformulado para atender cada vez melhor aos seus objetivos. Em breve daremos mais informações.




segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

VERBA DA PEC 300 DESVIADA ( PB)


O deputado federal e Senador eleito Vital do Rego Filho, Vitalzinho (PMDB-PB) disse nesta sexta-feira (21) que o desvio da verba da PEC 300 para custeio do programa Empreender, anunciado pelo Governo do Estado esta semana, é a confirmação de que há recursos para pagamento do aumento salarial dos policiais e bombeiros militares. Segundo ele, com o desvio o governo derrubou o próprio discurso de que não haveria recursos suficientes para bancar a chamada PEC 300 da Paraíba.
“Desde que o novo governador foi empossado que ele e seus auxiliares vem dizendo, na mídia, que a Paraíba não tem condições de pagar o aumento aos soldados por falta de recursos. Porém, de uma hora para a outra, o próprio governo anuncia o desvio dos recursos que seriam destinados para pagar a PEC 300 para custear outro programa, o Empreender. É a prova de que há, sim, recursos. O que falta é vontade política”, afirmou Vitalzinho.
Segundo dados do próprio Governo do Estado, a emenda da PEC 300, sancionada em outubro do ano passado, previa a destinação de R$ 200 milhões para pagamento do aumento salarial da Polícia Militar. “Se o governo toma a decisão de remanejar a verba para o Empreender é porque existe o lastro financeiro para pagar. Então, se não paga, é porque não quer pagar, não porque não pode”, disse o Senador eleito.
Vitalzinho lembrou também que, pelo que anunciou o governo, a verba será destinada, também, para a criação de secretarias “o que, de certa forma, vai de encontro a um discurso formatado como de redução de gastos no governo”, disse.
O senador eleito lembrou que o secretário Gustavo Nogueira, ao anunciar o remanejamento, disse que a decisão foi tomada ‘para focar as áreas que são de interesse do governador’. “As palavras do Secretário Gustavo Nogueira mostraram que não há o interesse em pagar o aumento. Foi assim que eu entendi”, afirmou Vital Filho.
FONTE: MARIO GBISON

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

OS DEZ MAIORES SALÁRIOS DE JOGADORES PARA 2011


Um novo levantamento feito pela revista Sport Foot Magazine, apontou os dez jogadores mais bem pagos do mundo em 2011. O ranking não leva em consideração os direitos de imagem, patrocínios e outros métodos utilizados pelos jogadores para faturar mais. Confira oTop 10:
.
1. Cristiano Ronaldo (Real Madrid ): 12 milhões de euros por ano
2. Wayne Rooney (Manchester United): 11,5 milhões
3. Lionel Messi (Barcelona) 11 milhões
4. Yaya Touré (Manchester City): 10,8 milhões
5. Samuel Eto’o (Inter de Milão): 10,5 milhões
6. Bastian Schweinsteiger (Bayern de Munique): 9.7 milhões
7. Zlatan Ibrahimovic (Milan): 9 milhões
8. Kaká (Real Madrid): 9 milhões
9. John Terry (Chelsea): 9 milhões
10. Emmanuel Adebayor (Manchester City): 8,4 milhões
Fonte: Sport Foot Magazine via Top 10
NOTA DO PATUNEWS: Vale salientar que esses valores são em euro, o que significa que para encontrar o valor em real devemos multiplicar por 2,2523 que é quanto vale um euro em relação ao real na cotação deste desta quinta-feira, 20/01.


O salário de Cristiano Ronaldo em real será de R$ 27.027.600,00 em 2011, isso sem contar os direitos de imagem, patrocínios e outros rendimentos.

Fonte: Pautnews

PEC 300 é uma das prioridades do novo Congresso



Pesquisa realizada pelo INSTITUTO FSBPESQUISA objetivando mapear a agenda legislativa do próximo Congresso Nacional revela que a PEC 300 está entre as quatro matérias principais definidas espontaneamente pelos congressistas.

Ao ser perguntado de forma espontânea (onde não são apresentados os temas), Qual é a principal matéria que o parlamentar gostaria de votar no 1º semestre de 2011, a PEC 300 (7%) figura entre os quatro primeiros temas, ficando atrás da reforma política (66%), reforma tributária/fiscal (49%) e Código/Reforma Florestal (10%).
veja na íntegra a pesquisa do Instituto FSB
Fonte: Capitão Assumção

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

REQUERIMENTOS DO BOLSA FORMAÇÃO ESTÃO SUSPENSOS



Segundo informações contidas no site do Ministério da Justiça, o Projeto Bolsa Formação está suspenso "temporariamente".

A tentar acessar o site do MJ, o requerente visualiza a mensagem de que "os requerimentos de novas Bolsas Formação estão temporariamente suspensos" e de que "o projeto está sendo reformulado para atender cada vez melhor aos seus objetivos".

Segundo informações extra-oficiais os requerimentos já solicitados e que aguardam homologação do Gestor Federal também estariam supensos de avaliação por tempo inderterminado.

Reportagem previa mudança de foco do PRONASCI

No dia 02 de janeiro deste ano, o Blog publicou uma matéria acerca do possível remanejamento dos recursos do Bolsa Formação, já que no ano de 2010 70% do orçamento do Programa Nacional de Segurança com Cidadania (PRONASCI) foi aplicado no pagamento do Bolsa Formação, o que causou contestação por parte de uma parte da sociedade sobre o real objetivo do PRONASCI.

Na reportagem publicada neste meio de comunicação, o ex-ministro da justiça já previa a reversão dos recursos do Projeto já que o foco não seria o pagamento do benefício aos policiais, mas sim o combate à criminalidade.

Acesse a reportagem do possível remanejamento dos recursos do Bolsa Formação.CLIQUE AQUI

Matéria criada pela Sd Glaucia

BOLSA FORMAÇÃO ESTÁ FORA DO AR - SERÁ O FIM?


"Os requerimentos de novas Bolsas Formação estão temporariamente suspensos. O projeto está sendo reformulado para atender cada vez melhor aos seus objetivos. Em breve daremos mais informações."

Esta é a mensagem que está no site do Ministério da Justiça, desde anteontem aproximadamente. Será que é o fim?
Se estava anunciado ou não, quem votou na Dilma, parabéns!!!

Espero ser a aguardada atualização do sistema SisFor para a implantação do Bolsa Olímpica ou mesmo, para agilizar os processos de solicitação da gratificação federal. Entretanto, eu não sei porque isso cheira ruim. A cada transição de governo, seja Estadual ou Federal, o funcionalismo treme. Principalmente no tocante ao servidor público militar. Esse então... sofre.

Vamos aguardar os próximos dias. Especular agora é sofrer de véspera.

Vale lembrar que os cursos que garantem a famigerada estão com as inscrições previstas para iniciarem no fim deste mês. Logo, não deixem de fazer as inscrições, temendo o fim da gratificação. Façam assim mesmo. 

Lembrem-se que não podemos ajustar nossos  próprios salários. Mas podemos cruzar os braços e fazer o país parar. Só depende de nós. 

Viver por nada; morrer por alguma coisa.

Até quando? 

OAB quer acabar com a pensão a governadores


A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) vai ingressar com ação no STF (Supremo Tribunal Federal) contra o pagamento de pensão vitalícia a ex-governadores. Em 2007, a entidade conseguiu cassar a pensão paga ao ex-governador de Mato Grosso do Sul Zeca do PT com o argumento de que o benefício é inconstitucional.


A Ação Direta de Inconstitucionalidade foi baseada no artigo 37 da Constituição, que estabelece os princípios de “legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência” na administração pública. Quatro governadores cujos mandatos terminaram em 2010 já requisitaram o benefício, que é vitalício. Atualmente, cerca de 60 ex-governadores recebem pensão dos seus Estados. O valor pode chegar a R$ 24 mil dependendo do Estado.



No Rio Grande do Norte, a legislação que previa o pagamento de aposentadoria a ex-governadores foi revogada no final dos anos 80. Atualmente, o estado paga o benefício aos ex-governadores José Agripino Maia (DEM) e Lavoisier Maia (PSB). Ele recebem R$ 12 mil dessa aposentadoria. Os ex-governadores Ana Júlia Carepa (PT-PA), Leonel Pavan (PSDB-SC), Roberto Requião (PMDB-PR) e Yeda Crusius (PSDB-RS) requisitaram o benefício previsto na legislação destes Estados.



Fonte: Tribuna do Norte

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Governador da PB quer anular a "PEC 300"

Governador envia MP a ALPB pedindo que seja anulada aprovação da PEC 300;
dinheiro para pagamento pode ser redirecionado ao Empreender-PB
O presidente interino da Assembleia Legislativa da Paraíba, João Henrique (DEM), enviou nesta terça-feira (18) para análise das comissões (em caráter de urgência), quatro medidas provisórias (MP) vindas do Poder Executivo. Entre elas está a que pede a anulação sumária da aprovação PEC 300, realizada ano passado pelo parlamento paraibano.

Outra MP controversa tem íntima ligação com a primeira. Com base no texto enviado pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), o dinheiro não mais enviado ao pagamento do acréscimo salarial dos militares deve ser redirecionado para ao “Empreender-PB”, incentivo financeiro de aporte a pequenas empresas similar ao já praticado na Capital.

Dezenas de militares ocuparam as galerias e corredores da ALPB esperando o desenrolar da sessão de hoje. Muitos deles empunhavam faixas com frases de protestos exigindo o pagamento da PEC.

Fonte: PB Agora

Durante tumulto em frente à AL, Major Fábio anuncia greve da PM caso PEC não seja paga

Após o fim da sessão da Assembléia Legislativa (AL) desta terça-feira (18), que durou cerca de 10 minutos, o deputado Major Fábio (DEM) reuniu os policiais (cerca de 100) que lotavam a galeria e fez um protesto na Praça João Pessoa. O deputado subiu num banco e disse que a polícia foi traída por Ricardo. O democrata incitou a categoria a permanecer na luta “pelos seus direitos”. Major Fábio acabou anunciando a greve dos policias, caso não seja pago a PEC 300.Os policiais foram a AL porque seriam apreciadas o pedido de anulação de todas os atos do poder Executivo de 01 de junho a 31 de dezembro. Com a aprovação da mensagem seria anulada a Lei da PEC. “Quem vai dizer se é greve ou não é Ricardo”, alega o deputado. “Ele está se comportando como um rei. É bom lembrar que mais de 50% dos policias votaram nele”, ressaltou. Segundo Fábio, este foi um protesto dos policias para que os deputados não voltem atrás e atendam o governador em remanejar para outro lugar a verba já designada para o pagamento da PEC 300.
“Ricardo está dizendo que o dinheiro não existe. Então, queremos que ele deixe o dinheiro que não existe onde está. Nós vamos continuar mobilizados e a gente assistiu uma Assembléia a favor de Ricardo e por isso vamos continuar pressionando”, avisou o deputado.
Major Fábio negou que houvesse já alguma greve branca da Polícia, mas avisou que amanhã de manhã o movimento estará na Assembléia no mesmo horário. O deputado também confirmou que o movimento deve se alastrar para as grandes cidades do estado, como Campina Grande e outros municípios.
No entender do deputado, não houve radicalização quando o movimento não quis ser recebido pelo chefe da Casa Civil, Walter Aguiar. “Ricardo quer colocar sargento Denis, Walter Aguiar, Nonato bandeira para falar conosco. O movimento quer conversar com ele em praça pública. Não queremos conversa entre quatro paredes”, finalizou.

Fonte:http://www.paraiba.com.br/2011/01/18/94172-tumulto-em-frente-a-assembleia-major-fabio-anuncia-greve-da-pm-caso-pec-nao-seja-paga

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

PAGAMENTO DE BOLSA OLÍMPICA ESTÁ PREVISTO NO ORÇAMENTO 2011 DA UNIÃO


Em consulta a Lei Orçamentária Anual da União para o ano de 2011, o blog observou a destinação de R$ 500 milhões para a concessão de bolsa formação a policiais civis e militares, bombeiros militares e guardas municipais dos Entes Federativos que sediarão os jogos olímpicos de 2016.

O mesmo benefício também estava previsto para o Orçamento de 2010 no valor de R$ 21 milhões, entretanto não houve execução da despesa e os destinatários do programa social do Governo Federal não recebeu verba alguma.

Espera-se, contudo que esses R$ 500 milhões sejam relmente aplicados para a concessão da bolsa já que, pelo Decreto que criou as Bolsas Copa e Olímpica, o benefício já devia está sendo pago desde julho do ano passado.

Bolsa Formação

O programa Bolsa Formação, também do Governo Federal, que prevê a concessão mensal no valor de R$ 443,00 aos policiais militares e civis, agentes penitenciários, guardas-municipais, bombeiros e peritos criminais, teve seu orçamento previsto para o ano de 2011 no montante de R$ 637 milhões, quase 30 milhões a menos do que foi gasto no ano de 2010 (R$ 662 milhões).

Matéria criada pela Sd Glaucia, com informações do Portal Orçamento

domingo, 16 de janeiro de 2011

BANDIDOS ATACAM CARRO FORTE E MATAM VIGILANTE NO ESTADO DO CEARÁ




WILSON GOMES - Para o Diário do Nordeste
No primeiro ataque do ano no Ceará contra um veículo de transporte de valores, o resultado da ação delituosa foi trágico
Sobral/CE - Um bando formado por aproximadamente 15 homens atacou, na tarde de ontem, um carro-forte que transportava malotes de valores pela rodovia estadual CE-362, entre os municípios de Uruoca e Martinópole, na Região Norte do Estado. O ataque resultou na morte do vigilante e motorista do blindado, João Batista Souza Coelho, assassinado com tiro de fuzil na cabeça, dentro do veículo.
Segundo informações de um dos vigilantes que escaparam do ataque, os malotes continuam aproximadamente R$ 1,3 milhão. Os bandidos ocupavam pelo menos três veículos; um Corolla prata, um Gol vermelho e uma Parati.
O ataque aconteceu na localidade de Barreiras, distante 11Km da sede do município de Uruoca, no momento em que o carro-forte fazia uma ultrapassagem por dois caminhões que viajava em direção à cidade de Uruoca. "Nesse momento, parte do grupo, ocupando o carro Gol vermelho, cruzou na nossa frente, e um pouco mais a frente parou, Os homens começaram a atirar em nossa direção acertando o veículo, que acabou sofrendo uma pane", disse um dos vigilantes que pediu para não ser identificado.
A ação do bando, segundo relato dos vigilantes que escaparam, foi cinematográfica. Enquanto o bando atirava sem cessar, os vigilantes revidavam. Eles contaram ao major PM Assis Azevedo, comandante da 3ª Cia do 3º BPM, que o Gol usado pela quadrilha estava protegido por uma blindagem que impedia ser perfurado pelos tiros disparados pelos vigilantes. A troca de tiro foi intensa e demorou vários minutos, colocando em risco a vida dos motoristas que trafegavam pela rodovia.
Os tiros disparados pelo bando acabaram por acertar, através da escotilha (orifício usado para atirar de dentro do veículo), a cabeça do motorista. A troca de tiros continuou até que a munição utilizada pelos vigilantes se esgotou. Acuado, o grupo resolveu abandonar o veículo, e o bando, já com o domínio da situação, resolveu invadir o blindado e roubar os malotes contendo o dinheiro. O corpo do motorista assassinado, segundo informaram os vigilantes, foi jogado para fora do veículo pelos bandidos.
Explosivos
Além de estar fortemente armado, o grupo usou artefatos para destruir a porta do cofre existente dentro do veículo. Segundo o comandante do 3º BPM (Sobral), tenente-coronel Gilvandro Oliveira, no local do crime foram encontrados cordel detonante, nitroglicerina, bananas de dinamite com detonadores e e coquetel molotovi.
As busca aos assaltantes mobilizou todo aparato policial disponível na região. "Estamos com cerca de 80 homens espalhados por toda essa região e esperamos localizar o bando a qualquer momento", disse o tenente-coronel Gilvandro.
A última pista levantada pela Polícia indicava que o bando teria seguido em fuga em direção ao município de Cocal, já no Estado do Piauí. "Neste momento, estamos com quatro patrulhas da Força Tática de Apoio (FTA). São 16 policiais fortemente armados e, com certeza, teremos resultados positivos nas próximas horas na busca por esta quadrilha", afirmou o oficial à Reportagem.
FONTE: Jornal Diário do Nordeste

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

IMPRENSA PARAIBANA DETONA: PM ESTÁ FAZENDO GREVE BRANCA...

A greve branca e irresponsável da PM

GISA VEIGA ( JORNALISTA)


Os policiais militares estão em greve branca. Foi o que o me informou o twitteiro policial militar pb. Os twitts postados, revoltados quanto ao não cumprimento da chamada PEC 300 (não é PEC o que foi aprovado aqui na Paraíba não, viu, gente !), torcem pelo aumento da violência. “Já que a policia não pode fazer greve,continuaremos a fazer vista grossa, greve branca e operação tartaruga nas ocorrências”.
É assim? Por que, então, outras categorias menos organizadas também não fazem o mesmo? Por que só policiais têm o direito de salários privilegiados? Só porque foram enganados com a promessa – no segundo turno desesperado da eleição – de um aumento sabidamente inconstitucional? Só porque acreditaram numa mentira e querem torná-la uma realidade, um direito absoluto?
Não, não é assim. Não pode ser assim. Lutar por seus direitos, sim, mas sem ignorar os da sociedade. Lutar com garra, mas também com responsabilidade. Com firmeza, mas observando a Constituição.
O governante, seja ele quem for, tem que ter responsabilidade. Não pode estourar a folha de pessoal, não pode pensar apenas numa determinada categoria eleita por um ex-governador derrotado para provocar o caos no governo do seu sucessor.
A sociedade inteira cobrará dos policiais essa greve branca, essa “vista grossa” e essa “operação tartaruga”. A sociedade inteira estará de olho, os demais funcionários públicos que não têm aumento salarial há anos também estarão.
Sou do quadro de jornalistas do Estado (efetiva), mas sou cedida ao Ministério Público do Trabalho. Sei que o salário básico dos jornalistas é ainda baixo, apesar do aumento dado pelo ex-governador Cássio. É baixo, mais baixo do que os dos policiais. Também queremos um substancial reajuste, nós merecemos, temos curso superior e não fazemos greve branca. E olhe que somos uma categoria minúscula, comparada aos policiais, o que significa dizer que o impacto na folha seria ínfimo.
Além disso, vê se vocês se lembram, os policiais ficaram bem quietinhos quando o ex-governador Maranhão lhes ignorou as reivindicações desde o início do seu terceiro governo, pondo-os de molho com promessas vãs. Esses profissionais caíram na besteira de rejeitar um aumento oferecido pelo ex-governador Cássio, caíram em desgraça com Maranhão que, no último ato do último tempo, tentou enganá-los com a expectativa de um excelente aumento salarial que ele jamais, jamais daria.

Do jeito raivoso como o twitteiro fala, até parece que eles não apenas estão fazendo “vista grossa”, mas até incentivando a bandalheira, as explosões de caixas eletrônicos, as potenciais mortes de pessoas inocentes. Isso é lutar por seus direitos? Ignorando os direitos de toda uma sociedade?
Pra mim, isso é revoltante. E os policiais que declaradamente estão fazendo “vista grossa”, “greve branca” e “operação tartaruga” devem ser responsabilizados por eventuais prejuízos à sociedade, mortes e caos.
Eu, como cidadã, estou cobrando isso.
Fonte:Nosso Pau dos Ferros RN

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Policiais do Bope ajudam no trabalho de resgate às vítimas das chuvas


Rio - Policiais do Batalhão de Opreações Policiais Especiais (Bope) e do Grupamento Aéreo Marítimo (GAM) da Polícia Militar desembarcaram nas primeiras horas desta quinta-feira no município de Nova Friburgo, na Região Serrana. Os militares reforçam o trabalho de salvamento às vítimas das enchentes na área, que já matou mais de 350 pessoas desde a madrugada de quarta-feira.
Moradores e homens do Corpo de Bombeiro trabalham na remoção de restos de prédio que caiu em Nova Friburgo | Foto: Gerson Gonçalo / Agência O Dia
Um Batalhão de Campanha foi montado no 11ºBPM (Nova Friburgo) para abrigar os policiais pelo tempo necessário de suas atividades. Além do BOPE e do GAM, ajudam no trabalho de resgate o Grupamento Especial de Salvamento e Ações de Resgate (GESAR), o Batalhão de Polícia Florestal e Meio Ambiente (BPFMA), a Companhia de Cães (CIA Cães), além das unidades operacionais do 11ºBPM (Nova Friburgo), 26ºBPM (Petrópolis) e 30ºBPM (Teresópolis).
Fonte: O Dia